Com este tratamento podemos solucionar os maiores problemas estéticos que enfrentamos: a celulite, a gordura localizada e a flacidez.
No corpo ele atua favorecendo a formação de um novo colágeno, causando o enrijecimento e remodelação da pele, combatendo a flacidez e destruindo a celulite. O tratamento mostra-se a cada sessão mais eficaz, deixando os pacientes satisfeitos com sua aparência mais jovem e saudável.
Para cada paciente traçamos uma estratégia de tratamento especial e personalizada. O mais importante é a indicação correta, seguindo os intervalos no tratamento para melhor estimulação do colágeno e a intensidade correta aplicada a cada paciente. O procedimento é totalmente não invasivo e indolor.

O tratamento por radiofrequência é indicado para todos os tipos de pele e feito para melhorar a flacidez da pele facial, da pele do pescoço, rugas peri-orbitais e frontais, linhas de expressão, elasticidade e textura da pele, elevação das sobrancelhas, cicatrizes de acne, celulite e remodelagem corporal.  A radiofrequência gera energia e forte calor sob a camada mais profunda da pele enquanto a superfície se mantém resfriada e protegida, o que causa a retração do colágeno e a produção de e o colágeno que vai produzir uma melhora no aspecto da pele. Trata-se de uma técnica não invasiva e indolor. Não causa nenhum dano para a epiderme. Durante o procedimento o paciente pode sentir apenas intenso calor.

São indicadas entre 6 e 10 sessões que são realizadas com intervalos de 7 ou 15 dias.

  • Rosto: melhora o contorno da face;
  • Rugas: Atenua as linhas de expressão;
  • Papada: redefine e modela o contorno facial;
  • Braço: reduz e elimina as ondulações da pele melhorando seu aspecto, além de firmar a pele flácida do famoso “tchau”!
  • Costas: ajuda na remodelagem em gorduras localizada;
  • Abdome: ação na gordura, tonifica a derme e melhora o aspecto de flacidez;
  • Glúteo: age na fibrose e melhora a celulite;
  • Coxa: Melhora a flacidez e reduz a gordura localizada.

Indicações

  • Flacidez da pele
  • Rugas
  • Fibroses
  • Aderências
  • Sequela de acne
  • Estrias
  • Celulite

Contraindicação absolutas

  • Gestantes
  • Marcapasso
  • Neoplasias
  • Lesões traumato – ortopédicas agudas
  • Pacientes imunodeprimidos
  • Menores de 18 anos
  • Procedimentos cirúrgicos sem liberação médica
  • Doenças dermatológicas

Contraindicação relativa

  • Preenchimentos (após 6 meses)
  • Toxina Botulínica (após 48 hs)
  • Endoproteses e Próteses metálicas ( Pode referir incomodo)
  • Flebites e tromboflebites