Melasma: como prevenir e tratar

Melasma: como prevenir e tratar

As manchas de pele escuras e acastanhadas chamadas melasma têm algumas causas prováveis, mas todas com uma característica em comum: são incuráveis, porém tratáveis e ficarem quase que imperceptíveis. Entenda mais sobre o problema de pele e saiba como tratá-lo.

Como o melasma se forma?

Não se sabe exatamente porque as pessoas desenvolvem o melasma, porém os hormônios e a predisposição genética provavelmente são os maiores culpados pela produção excessiva de melanina em algumas regiões do rosto, pescoço e colo. Por isso, é comum grávidas e mulheres que fazem uso de anticoncepcional desenvolverem o problema.
Mulheres entre 20 e 50 anos são mais suscetíveis a terem melasma do que os homens. Esse tipo de mancha é acastanhada e profunda, ao contrário das sardas, que são superficiais e podem desaparecer. Por isso a dificuldade no tratamento.

Tratamento

Quem já tratou melasma sabe que ele é chato. Demora um certo tempo para apresentar melhora e é só tomar um solzinho de novo que ele volta. Sendo assim que se faça um controle e hoje já temos tecnologias que podem ser usadas no verão.

Fuja de tratamentos muito agressivos e que utilizam de dano térmico expressivo como luz intensa pulsada e laser de co2 fracionado, já é sabido que o efeito rebote é certo.

O mercado hoje conta com laser específico e sem dano térmico expressivo que utiliza de destruição dos grânulos de pigmento por ação fotoacústica em pulsos ultra rápidos evitando o aquecimento da pele.

E em períodos do ano mais frios, podemos lançar mal do velho e bom peeling químico para renovação cutânea programada e risco de exposição ao calor excessivo.  Também é importante saber cuidar do melasma, administrar e tratar de dentro para fora.

Alimentação rica em vitaminas e antioxidantes, suplementação com antioxidantes orais e uso corriqueiro de produtos tópicos: um bom sabonete a base de alfahidroxiacidos, blend de despigmentantes, sérum com ativos ideias e protetor solar com FPS e PPD altos – sim, com cor – especialmente se você fica em ambientes com luz branca.

Na Beauty&Co você encontra o tratamento completo.

Dicas e cuidados básicos

  • Cigarro, estresse, má alimentação, desidratação e até mesmo exposição ao calor podem estimular o aparecimento dessas manchas. Do calor nem sempre dá pra fugir, mas parar de fumar e ter uma dieta saudável só dependem de você!
  • Esconder o melasma é uma das maiores preocupações de quem sofre com o problema. Invista em protetores solares com cor para o dia e em uma base fluida pra noite. Nas manchas, use um corretivo no tom exato da sua pele.
  • Fuja de tratamentos milagrosos que prometem “arrancar a mancha, na lixa” isso fará com que só piore.

 

Gostou de nossas dicas? Deixe seu comentário com a sua experiência sobre o tema! Nos acompanhe no Facebook e Instagram e saiba mais sobre as novidades em Estética e promoções! Você pode também ver outras matérias como esta em nosso blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *