Suplemento alimentar pode prejudicar a pele?

Suplemento alimentar pode prejudicar a pele?

Com o início do ano as academias estão lotadas e a tendência é cada vez maior à adoção de hábitos saudáveis. A suplementação nutricional surgiu como uma aliada à reeducação alimentar e auxilia a conquista mais rápida dos resultados esperados com a malhação. No entanto, apesar dos benefícios de suplementos, como o whey protein e a creatina, o consumo em excesso e de forma desregulada pode acarretar danos significativos à saúde da pele. Conheça os problemas de pele que podem ser causados pela suplementação.

A maioria dos suplementos pode levar à alterações na pele. O Whey Protein, por exemplo, composto pela proteína do soro do leite, aumenta a liberação de insulina pelo organismo e, consequentemente, a produção da proteína IGF-1. Essa proteína estimula a produção da glândula sebácea, levando ao surgimento de cravos e espinhas.

Complexos contendo vitamina B12 podem causar irritação do folículo piloso, reação inflamatória cutânea e acne, inclusive em pacientes sem histórico de acne ou propensão para o problema.

A escolha da suplementação deve ser sempre acompanhada da orientação profissional adequada, de modo a determinar o melhor tipo para cada organismo.

Com os devidos cuidados e acompanhamento profissional, a suplementação pode ser mais uma aliada na busca por uma vida saudável.

Gostou de nossas dicas? Deixe seu comentário com a sua experiência sobre o tema! Nos acompanhe no Facebook e Instagram e saiba mais sobre as novidades em Estética e promoções! Você pode também ver outras matérias como esta em nosso blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *