Como o estresse afeta a sua pele?

Todos nós já sabemos que envelhecer é um processo cronológico, porém existe alguns fatores que acabam estimulando esse processo de envelhecimento seja mais rápido. ⠀

E um dos fatores, é o estresse. O estresse é um fenômeno de adaptação do corpo, que permite que o ser humano reaja ao seu ambiente. ⠀

Quando você está estressada, seu corpo reage secretando hormônios (adrenalina, cortisol, etc.) que estimulam todos os seus sistemas vitais para que você esteja pronta para enfrentar uma situação ou escapar dela. ⠀

Esta síndrome de adaptação, consideravelmente positiva em suas origens, já que se destina a nos ajudar a sobreviver, tem, no entanto, duas consequências negativas sobre a pele. Na verdade, nos casos de estresse crônico, o corpo fica exausto, literalmente, porque ele é o tempo todo hiperestimulado por esses mesmos hormônios. A pele, como o resto do corpo, sofre com este desequilíbrio hormonal e acaba produzindo mais radicais livres e o organismo acaba entrando em um estresse oxidativo. ⠀

Quanto mais radicais livres, maiores serão os danos, acelerando mais o processo de envelhecimento. Alguns radicais livres são subprodutos do metabolismo normal celular, enquanto muitos outros resultam de dietas inadequadas, exposição a toxinas, estresse, entre outros. ⠀

O que você pode fazer para amenizar o estresse:

  1. Aceitar que o estresse faz parte da sua vida e nem todo estresse é ruim;
  2. Numa situação de estresse, respire fundo de duas a quatro vezes, pare e analise a situação e, em vez de focá-la, pense numa viagem, no pôr do sol ou em algum lugar realmente relaxante;
  3. Dieta antienvelhecimento: diminua a ingestão de alimentos aceleradores do envelhecimento (de origem animal), mudando para aqueles saudáveis;
  4. Durma bem;
  5. Reserve um tempo para relaxar, realizar exercícios e cuidar da sua pele do seu corpo e mente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *